JÁ QUE A MODA SEGUE O CAMINHO DA ATEMPORALIDADE E APONTA PARA O CONSUMO CONSCIENTE, UMA BOA PEDIDA NESTE NOVO ANO É USAR ROUPAS QUE ESTÃO NO ARMÁRIO PARA CRIAR DIFERENTES PRODUÇÕES

NOVO ANO, VELHOS CONHECIDOS

CELINA AQUINO

Início de ano é uma época que inspira mudanças. Inclusive no visual. Nada mal recomeçar a vida com novidades no armário. Melhor ainda se existe a possibilidade de aproveitar peças que já estão dependuradas no cabide. A boa notícia é que muito do que virou dese- jo nas últimas temporadas promete continuar como must have em 2017, ou seja, dá para se reinventar com velhos conhecidos, sem ter que fazer grandes investimentos. O desafio está em encontrar maneiras diferentes de usar as mesmas roupas para manter o visual sempre atualizado e não correr o risco de enjoar do look.

“Já faz algum tempo que não existem mais grandes tendências de moda e nem tampouco aquela roupa para durar apenas uma estação. A moda é cíclica, então po- de revisitar o passado e até mesmo projetar o futuro e toda mulher po- de se reinventar dentro do próprio armário a cada nova estação, sem precisar gastar muito para se sentir moderna”, destaca a consultora de imagem Patricia Mara.

O top cropped (na tradução, top cortado) é um dos queridinhos das fashionistas que está com o prazo de validade estendido. Se- gundo Patrícia, a blusa que deixa um pedacinho da barriga de fora já virou curinga no armário e, com criatividade, pode ser usada em qualquer época do ano. No verão, combina com peças leves como

calça pantalona, calça flare, saia e short (de preferência, de cintura alta). Para dar um ar elegante ao look, a dica é lançar mão de uma terceira peça como colete de alfa- iataria. Bom é que o top cropped também pode sair do armário em dias frios. A consultora sugere apostar em sobreposições com camisas e vestidos para deixar a produção bem fashion.

Quem investiu em jaqueta bomber nas últimas temporadas tem tudo para continuar na moda. O modelo com elásticos nos punhos e na barra e compri- mento na cintura, desenvolvido durante a Primeira Guerra Mundial para proteger os pilotos nor- te-americanos do vento, segue como um dos mais fortes repre- sentantes do street style. Patricia observa que a bomber tende a se manter feminina, com estampas, patches, bordados e transparências. “Se você gosta desse estilo e precisa de um toque de formali- dade nas produções do dia dia, procure misturar a jaqueta com peças clássicas e atemporais como camisa e calça de alfaiataria. Isso dará mais poder e peso ao look”, diz a consultora.

Outro hit consagrado que chega ao novo ano é o maxico- lete. Por mais que tenha infor- mação de moda, pode ser consi- derado um clássico no guarda- roupa, principalmente sua ver- são em alfaiataria. “Experimente usar a peça em um look festa com calça também de alfaiataria, fazendo o estilo terninho, porém, com o colete abotoado e sem nenhuma peça por baixo. Invista em um belo colar para ar- rematar o decote e pronto. Simples, chique e ultra sofisticado”, aposta a consultora de imagem e estilo Juliana Brasil.

A pantacourt também promete se manter como peça desejo em 2017. Até porque a calça de comprimento nas canelas e de modelagem ampla está ligado ao estilo oversized, que segue como aposta dos fashionistas para o ano que acaba de começar. Se antes ela era usada com blusas mais justas, com a intenção de equilibrar as proporções, agora ela chega com uma pegada mais ousada. “A ideia é brincar com grandes volumes em todo o corpo. Procu- re peças de tamanhos exagera- dos tanto para a parte de cima quanto para a parte de baixo do look. Funciona muito bem para as mulheres de estilo moderno e ousado. Mas atenção, grandes volumes engordam visualmen- te, então o ideal é que a mulher tenha um corpo mais longilíneo para apostar nessa tendência”, ensina Juliana.

EQUILÍBRIO Não podemos deixar de falar dos babados, que cansaram de aparecer nos últimos desfi- les nacionais e internacionais. A consultora sugere explorar as peças volumosas de forma mais marcan- te no novo ano, ampliando partes do corpo que merecem ganhar do. Por isso, temos que ir com calma na hora de renovar o armário. Antes de mais nada, a consultora de imagem ANITA REZENDE sugere fazer uma limpeza nos cabides e gavetas. “Considero uma das mais importantes tarefas para iniciar o ano com o pé direito. É bom para tirar tudo aquilo que não usamos mais, relembrar peças esquecidas em meio a bagunça, apostar em peças que vão dar a cara nova- mente e deixar tudo no lugar para quando o batente recomeçar”, defende. Para ela, um guar- da-roupa com menos peças facilita a montagem do look.

A consultora orienta deixar no armário peças mais atemporais e de boa qualidade. “Exemplos de roupas que nunca de- vem sair do nosso guarda-roupa são casaco de paetê, calça de couro, vestido básico que salva em vários momentos, peças em lurex, renda, bordados etc, pan- tacourt que substitui a alfaiata- ria com salto, bomber que traduz poder e sofisticação e aquele slip dress que é pura sofisticação”, detalha. Anita recomenda experimentar as roupas para se certificar de que ainda combinam com o seu estilo de vida e continuam servindo. Em caso negativo, considera a possibilidade de doá-las.

Para o alívio das mulheres que não abrem mão do conforto, slip dress e conjunto pijama continuam.A consultora de imagem Anita Rezende lembra apenas que as peças relax são mais indicadas para ocasiões informais, porque passam uma imagem fashion e descolada, que não combinam com certos ambientes corporativos. Quando a intenção for levar um ar mais sofisticado ao visual, invista em salto alto e acessórios mais nobres. Outra boa notícia é a permanência do tênis em situações de puro glamour. “As mulheres estão cansadas de obedecer padrões e tentar se encaixar em rótulos. Queremos nos sentir bem com a nossa própria moda. Nesse contexto, o tênis tem papel libertador e permite às mulheres descer do salto sem perder a elegância”, analisa.

Prepare-se também para usar e abusar do decote ombro a ombro. De acordo com Anita, o modelito volta com tudo para realçar ainda mais o lado feminino e sensual das mulheres. Quem não tem medo de se arriscar ainda tem uma carta na manga bem interessante: explorar a modelagem em looks compostos. “A ideia é fazer uso da tendência com regatas e inserir sobreposições ao famoso decote”, pontua. Com a chegada do inverno, blusas, macacões e vestidos com de- cote ombro a ombro podem ficar um charme com cachecol ou um lenço amarrado no pescoço.

FAXINA NO GUARDA-ROUPA

 

✔ DÊ UMA NOVA CHANCE PARA…

1. PATCHES: aplicados em peças jeans (jaquetas e calças) e camisetas despo- jadas, eles voltam em peças menos óbvias como sapatos e até mesmo bolsas de festa.

2. ESTAMPAS GRÁFICAS: o apelo agora é para desenhos que criem um impacto visual maior. Listras e formas abstratas são mistu- radas ao xadrez, que é a estrela neste ano.

3. CHOCKER: experimente trocar a versão fininha e delicada por gargantilhas mais impactantes. Invista também em lenços, bandanas ou blusas de gola rolê para deixar o pescoço em evidência.

4. bota over the knee: promete dar o ar da

graça este ano em versões de verniz neste ano. Opção para aquelas mulheres que já têm de tudo um pouco no closet.

5. JEANS: aparece cada vez mais sofistica- do, em peças de modelagem clássica ou refinada como, por exemplo, a saia midi, o vestido longo e o blazer.

6. SAPATO OXFORD: chega repaginado para o verão, com solado mais alto e de palha, e também em versões bem modernas para o inverno, com materiais metalizados.

FONTE: Juliana Brasil, consultora de imagem, Patricia Mara consultora de imagem e Anita Rezende Consultoria de moda e estilo pessoal

efe0801p0006 efe0801p0006