Diferenças entre Consultor de Imagem e Personal Stylist (Prévia)

titulo-diferencas-presonal-stylist-consultor

O personal stylist está mais voltado para a parte prática da moda e seus ajustes (montagem de looks para ocasiões e adequação da imagem visual ao guarda-roupa) — enquanto o consultor de imagem está diretamente ligado a questões relacionadas a imagem verbal e não verbal, comportamento, cabelo, maquiagem, sobrancelha, postura, linguagem, adequação da imagem e conceitos.

O Personal Shopper

O personal shopper é a pessoa responsável por aquelas compras básicas para atualizar a imagem ou para um evento especial. Uma consultoria pontuada de acordo com a necessidade do cliente, como um casamento ou um aniversário. O personal shopper também auxilia nos itens para compor aquele look perfeito ou para complementar o que falta no guarda-roupa do cliente. Ideal para pessoas sem tempo para as compras ou para aquelas que necessitam de uma assessoria nessa hora.

O personal shopper também pode buscar as roupas nas lojas e assim facilitar a vida do cliente (ter um bom relacionamento com as lojas).

Habilidades e conhecimentos específicos:

  • Tendência da estação.
  • Ter conhecimento de loja.;
  • Estilo.
  • Conhecimento tecido, modelagem e costura.
  • Média de preços.
  • Ensinar o cliente a fazer compras e ajudar a avaliar o que é interessante para ele de acordo com o estilo de vida, estilo, tipo físico e cores.

Consultoria Corporativa

É a adequação da imagem da empresa ou instituição para todas as pessoas que a representam dentro e fora do ambiente de trabalho. A identidade visual corporativa não deve ser analisada através de uma logomarca e do interior da empresa. A imagem e o comportamento dos colaboradores da empresa refletem a filosofia e a identidade dela. A imagem e o comportamento dos integrantes também podem ser decisivos para a leitura e interpretação dos clientes. Transmitir segurança, coerência, limpeza visual, credibilidade e comportamento adequado pode ser considerado o caminho para o sucesso.

Pessoas que aprendem a trabalhar a imagem profissional tornam-se confiantes e consequentemente melhoram a autoestima. Isso é muito importante no mercado como valorização profissional e promove a vontade de crescer cada vez mais. Quando essas ações geram mudanças em conjunto, toda a empresa ganha com esse movimento e reflete a qualidade e desempenho dela.

Para tanto, é necessária uma investigação minuciosa para tentar compreender a filosofia de trabalho da empresa e a imagem que ela quer projetar no mercado em que atua.

Trabalho a desenvolver pelo consultor corporativo:

  • Sensibilizar o colaborador para a importância de se construir uma identidade visual de acordo com o grau de importância da sua profissão e da imagem da empresa.
  • Sensibilizar o colaborador a criar uma identidade visual corporativa sem perder o estilo próprio (código de vestuário).
  • Mostrar a importância da discrição no ambiente de trabalho (depende do estilo da empresa).
  • Valorizar a identidade visual como ferramenta de comunicação não verbal e marketing pessoal.
  • Apurar o olhar do colaborador para o limite da imagem, postura e comportamento (etiqueta no ambiente de trabalho).
  • Uniformização e dress code.

Habilidades e conhecimentos específicos:

  • Estilo e imagem no trabalho sob o ponto de vista de diversos segmentos de empresas.
  • Interpretação de todos os estilos universais e leitura para o ambiente de trabalho.
  • Etiqueta e comportamento corporativo.
  • Marketing empresarial e corporativo.
  • Dress code corporativo — entender de design, modelagem e tecidos para ajudar a definir o uniforme da empresa.
  • Estratégia para interpretar a filosofia da empresa e adequar uma identidade visual.

Empresas que usam uniformes

Empresas que optam pelo uniforme transmitem uma imagem padronizada e consequentemente mais organizada. A empresa passa por um estudo detalhado para atender a toda a sua expectativa visual e assim poder fortalecer a sua marca no mercado. O consultor de imagem pode ajudar a definir o uniforme para uma empresa. Para tanto, deve ser feita uma investigação minuciosa da imagem que a empresa quer passar ao optar por um determinado modelo. Importante levar em consideração todos os setores da empresa e assim definir modelos que possam ser ajustados a diversas funções e cargos.

Empresas tradicionais

uniforme-empresas-tradicionais
Empresas tradicionais como bancos, seguradoras, área econômica, jurídica e educacional remetem a uma imagem mais conservadora. São considerados segmentos tradicionais que têm de transmitir uma imagem de credibilidade. Então quanto mais clássico e formal, melhor. Vamos aprender no Módulo Moda X Estilos o clássico e o conservador, que são estilos ideais para essas empresas.

Empresas Criativas

uniforme-empresas-criativas
Empresas que trabalham com produção do conhecimento, na linha do design e criação, passam uma imagem inovadora e dinâmica. Esses conceitos passam uma linguagem bem característica do estilo criativo e inovador. Roupas coloridas e diferenciadas são ideais para passar uma imagem moderna. Roupas formais passam longe dessa categoria.

Empresas contemporâneas

uniforme-empresas-contemporaneas
Empresas tidas como clássicas informais passam uma imagem equilibrada no modo de vestir, porém com muita sofisticação. Um equilíbrio de elementos visuais dentro da moda atual.

Voltar para: Curso de Consultoria de Imagem e Personal Stylist > Módulo I . Introdução à Consultoria de Imagem